domingo, 30 de abril de 2017

Toc toc

São pensamentos surreais
O fazendo movimentar
Sua imaginação excêntrica
Fazendo reproduzir
Criando difíceis traços
De explicar em formas
De refrões confusos
Toc toc
São fantasmas
O assombrando
O deixando mover
De uma maneira
Equivocada
Entre os paralelos
De uma linha
Do caderno
Escrito por milhares
De palavras incríveis
A fazendo reproduzir
Um belo som
Pela leitura
Pelos olhares
Dos leitores surpresos
Pela imaginação surreal
Do autor das palavras
Escritas sem nexo

Corra corra

Corra
Corra
Corra
Não é apenas
Um pesadelo
Muito menos
Uma cena de filme fictícia
Mas sim a realidade
Do agora
Que estás agora
Correndo perigo
Corra
Corra
Corra
Estão por todas
As partes que imaginar
Está impossível sua fuga
Só não desista
Sua vida está
Em suas mãos
Lute com todas
Suas forças
Não há tempo para fugir
Apenas mostre sua valentia
Jamais pensando
Na desistência
Por sentir-se incapaz
Seria um fracasso
Jogar a toalha
Pelos cantos
Com todo o suor
Contido nela
Que a secou
Todo seu esforço
Durante suas batalhas
Corra
Corra
Corra
Planeje atacar os oponentes
Os derrotando com seu punho
Corra
Corra
Corra
Tornando sua vitória
Possível e bela de acontecer