sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Imagine imagine

Imagine
Apenas ti
Eu não seria capaz
De imaginar
Neste momento
Pois estou encoberto
De emoções ao deixar
Minhas lágrimas
Cobrir meus olhos
Por estar pensando em você
Em cada instante
Tocando em  minha alma
O prazer em sorrir
Sentindo meu corpo
Se arrepiar
Ao tocar a ponta
Dos dedos em mim
Como se fosse
Seus lábios
Se deslizando
Devagar a ele
Fazendo me relaxar
A tocando e viajando
Por outra dimensão
Que teria apenas
Eu e você
A um mundo
Em que inventaria
O universo
Ao que nós
Iríamos habitar
Apenas eu e você
Imagine
Em algum momento
Tocando minhas mãos
Ao seu rosto
Dizendo belas palavras
E a beijando
No anoitecer
De lua cheia
Onde iríamos estar
Ao nosso primeiro encontro
Imagine
Imagine
Nossa primeira vez
Que nos encontramos
E compartilhamos  olhares
Desde aquele momento
Pude perceber
Que a escrita
De minha história
Iria mudar
Pois você iria apagar
O vazio que existiu em mim
De um grande momento
Que estive incompleto
E quanto menos esperei
Você apareceu
Mudou tudo
Imagine
Quanto tempo tem
O tempo correu
Estamos hoje juntos
E antes jamais
Imaginamos
Que em algum momento
Iríamos nos ver
Imagine Imagine
Quando estivermos
A um segundo
Em um jantar
Na bela noite
Eu e você
A luz de velas
Nos declarando
Bem baixinho
Olhando
Um para o outro
E quando de repente
Sorrimos ao termos
Nossa companhia unida
Nos fazendo sorrir
A cada momento
Do dia a dia
Que escrevemos
Um trecho de nossa história
Juntos de cada momento unidos

Navegando em meu enorme universo

Deixo me divertir
Com minhas palavras
Sem ao menos
Observar a poesia
Que estarei a criar
Com minhas
Próprias mãos
Sedentas a controlar
Meu universo
Do vocabulário
Engrandecido que possuo
Ao meu ser
Que se move
Pelas letras
Personificadas
Aos meus dedos
Criadores de uma enorme
História cheia de emoções
A expressar em apenas
Um gesto de meu olhar
Ao horizonte que desejo
Navegar e conhecer
Um universo que
Meu próprio personagem
Criou ao teatro
Que o faço realizar
As melodias que escrevi
Especialmente para ti
Brilhar ao reproduzir
Em frente a platéia
Que aguarda
Um grande  espetáculo
De meu fantoche
Que me surpreende
Pela genialidade
Existente a ti
Demonstrando através
De apenas uma estrofe
Da história bela
Que criei especialmente a ti