terça-feira, 28 de março de 2017

Fadiga da noite

Sonolento no momento
Um mundo de louça
A enfrentar
Na cozinha
Jogos que o atraem
Música clássica
Movendo te
Lá ao alto do céu
Entre as estrelas
Da noite
Corpo mole
Olhos demonstram
Sonolência
Quanta fadiga
Para lavar apenas simples
Bens materiais
Para o café da manhã
Mas optou se
Em estar
Ao seu canto
Jogando
E logo em breve
De minutos
Escrever pequenos versos
Do agora
De seu existir

 renata massa