sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Navegando em meu enorme universo

Deixo me divertir
Com minhas palavras
Sem ao menos
Observar a poesia
Que estarei a criar
Com minhas
Próprias mãos
Sedentas a controlar
Meu universo
Do vocabulário
Engrandecido que possuo
Ao meu ser
Que se move
Pelas letras
Personificadas
Aos meus dedos
Criadores de uma enorme
História cheia de emoções
A expressar em apenas
Um gesto de meu olhar
Ao horizonte que desejo
Navegar e conhecer
Um universo que
Meu próprio personagem
Criou ao teatro
Que o faço realizar
As melodias que escrevi
Especialmente para ti
Brilhar ao reproduzir
Em frente a platéia
Que aguarda
Um grande  espetáculo
De meu fantoche
Que me surpreende
Pela genialidade
Existente a ti
Demonstrando através
De apenas uma estrofe
Da história bela
Que criei especialmente a ti