domingo, 14 de agosto de 2016

Últimas palavras

O fim se aproxima
Medo apavora
O tempo corre
Tudo parece estar devagar

Aguardando tudo acabar
Silêncio permanece
Batimentos cardíacos
Enfraquece aos poucos

Tudo se congela
As lágrimas secam
Gotas de sangue
Caindo do pulso

Agonia
Pavor
Medo
Desespero

Solidão sem fim
Não há ninguém
Lá fora
Vazio aterrorizante

Últimas palavras
Emoções
Respiração
Olhar

E tudo irá
Ter um fim
No silêncio
Do dia caótico


Enquanto muitos........

Enquanto muitos ignoram um ao outro
Surge um grande vazio na sociedade
Enquanto muitos julgam
Ocorre falta de socializar
Enquanto muitos espalham o ódio
O medo acontece
Enquanto muitos se importar com o próprio umbigo
Tudo estará sempre desequilibrado ao mundo
Enquanto não houver amor ao próximo para muitos
Sempre acontecerá de muitos se perder nesse imenso universo
Quanto mais houver ignorância
Mais suicídio irá acontecer
Quanto mais houver muitos pensando em si mesmos
Tudo sempre se tornará um mar de lama
Quanto mais houver julgamentos pelo  livro da  capa
Mais tristeza irá existir