segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Enfrente seus medos

Coração apertado
Medo infinito
Imaginações terríveis 
Insegurança
Reserva se  onde
Um mundo
Vive em conflito
Momentos 
De felicidades
Tristezas
Sentimentos 
Negativos
Sonhando 
A todo instante
Estar em um 
Mundo melancólico
Que nem se quer
Tem um fim esperado
Sangue evapora
Da veia que tanto
Um dia percorreu
Demonstrando
Viver com prazer
Intensidade
Mas tudo 
Se tornou passado
Hoje que nada
Mais impede
De um pesadelo
Ter fim
Acordastes
De uma noite
Apenas está começando
O horror de viver
Caído em um abismo
Onde vive palhaços
Assombrações
Pessoas desesperadas
Que esperanças
Teve o fim
Igualmente a uma vida
Dando adeus ao mundo
Para sempre
Se tornou um desafio
Uma luta sem fim
E o que pode 
Fazer a diferença 
É a coragem
A esperança
Levantar se
Em frente
Ao medo
Pela tempestade
Que o apavora
E enfrentar 
Arriscando 
Sua própria vida
Ao filme 
Que podemos o chamar 
De realidade
Entre a vida e a morte
Sobreviva ou morra
Sem contar histórias
Muitos esperam
Ler aquilo que 
Os surpreende
E emociona
A falta delas
Seria o vazio
Que hoje 
Muitos sentem
Nesse caos
Se arrisque
Por mais que
Seja impossível 
Precisamos 
De emoções
Daquele que
Faz do mundo
Uma batalha poética