domingo, 2 de outubro de 2016

Desabafando

Sinto me perdido
Sem voz a dizer
Perdido em um mundo
Sentindo me isolado
Excluído e odiado
Sem muito a explicar
Me reservo
A um mundo vazio
Triste sem ninguém
Junto em minhas lágrimas
A tristeza sem fim
Que me acompanha
A todo momento
Que respiro sem parar
Desabafando
Guardando e escondendo
Toda dor sentida em mim
Me agonizo
Com o aperto em meu interior
Fazendo me deixar de enxergar
A luz do sol ao céu
Enxergando no agora
Apenas a imensa tristeza
Em mim que se tornou
Rotina do dia a dia
Sentir um enorme vazio
Que mal sei descrever
Apenas dizer a mim
Perguntando me olhando
Para o alto do porque
Tanta melancolia
Em minha existência
Faz me ter medo
De viver e amar
De se encontrar
Com alguém
Que mal sei quem são
Nesse mundo cheio
De seres humanos
Que muitos sabem
Ouvir e amar
Odiar ajudar
Confortar aquele
Que em um momento
Se desaba em profunda tristeza