quinta-feira, 6 de outubro de 2016

A melodia do anoitecer

Em dizer que
Na solidão
Do anoitecer
Fico me perdendo
Pelas notas reproduzidas
Mergulho me fechando
Os olhos na melodia
Que me faz sonhar
Acreditar e aventurar
Inspirando se
Pelos próprios versos
Escritos por mim
Sentindo a gravidade
Dos sentimentos
Me dominar e fazer
Do meu silêncio
A música que sempre
Desejei ouvir
No calado dia
Que me faz recair
Frequentemente
Em imensa agonia
Ao se sentir só
Incompleto e triste
Perdendo o prazer
De viver
Uma parte do dia
Que poderias aproveitar
E reinventar
Uma nova história
Em meu coração
Ao lado de alguém