quarta-feira, 6 de abril de 2016

Somos nossos próprio heróis

Respiração parando aos poucos
Esfriando lentamente suas mãos
Somos nossos próprio heróis
Que nos livramos da dor

Perdendo tudo
A vida
A luz onde devíamos chegar
É o pesadelo se tornando real
Acabando tudo rapidamente
No piscar de olhos

Seus olhos se fecham
Para sempre
Que se torna real
Começando um fim
De uma história

Aflição, desespero, grito
Sem fim
A esperança deve estar
Em seu coração

A fogueira em seu interior
Só será apagada
Se sua batalha terminar com você vencido
Assim terminaria sua existência

A esperança é grandiosa
Os sonhos intensos
Canções profundas a flor da pele
Será mantido se ti manter de pé
Ao meio da tempestade sem fim