sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Me de uma palavra

Me de uma palavra
Que me faça delirar
Aos meus infinitos pensamentos
Para me fazer imaginar
Nosso encontro

Debaixo de chuva
Quero dançar
Para sentir a adrenalina
Ao estar sentindo
Seu calor corporal ao meu

Criando desejos ao me deslizar
Com os lábios ao seu corpo todo molhado
Sentindo sua boca emitindo o som
De gemido descrevendo o prazer
Ao sentir minha boca lhe deixando
Louca de prazer

De um passo a frente
Se movimente com toda energia
De seu corpo
Me fazendo lhe puxar a mim

Cheio de prazer para beijar ti
Com todo desejo em
Fazer de nosso momento de agora
O começo de alguns segundos

Que quero dizer para ti
O quanto a amo ao jantar a sós
Com luz de velas para descrever
Segundos inesquecíveis
De nossa história romântica