sábado, 30 de janeiro de 2016

Saudades torturantes

Quero desabafar como se fosse vomitar uma cachoeira poética para descrever toda essa  saudade que sinto nesse momento derramando lágrimas escrevendo cada verso desenhando sua
falta ao meu lado.
Sinto sua falta, mas por onde eu vou a ausência do calor de seu corpo me faz sentir incompleto ao não estar ao meu lado.
Quero chorar, mas não tenho forças ao desenhar essa dor ao me sentir sozinho para me sentir protegido em seus braços, queria poder dizer frases que descreve o quanto lhe amo, mas apenas vou me declarando ao vento por sentir distante de ti.
Saudades dolorosas, saudades profundas.
Caminharei junto com aquela estrela que me guiou até a você para lhe encontrar e chorar emocionado ao abraçar a ti e sorrir como não se houvesse o amanhã.
Deixarei o ponto de reticências ao fim do texto e o completarei quando lhe encontrar novamente.
Sua ausência dói, me faz sentir a só.......
Mas cedo ou tarde vamos nos encontrar novamente e sorrirmos juntos ao lado do outro