sábado, 21 de julho de 2018

Me aguarde...

Me aguarde...
Quero lhe encantar
Com minhas
Palavras
Capazes de
Fazê-la delirar
Mas com meu olhar
Quero lhe mostrar
Que em todo instante
Começo a amar
Sua companhia
Tão brilhante
Que conforta
Meu coração
Que lhe ama
De montão
Simplesmente assim
Fico lhe amando
Mais e mais

sexta-feira, 20 de julho de 2018

Ela é...

Ela é como
Um girassol
Tão encantadora
Brilhante
Como o sol
Iluminando
Meu mundo
Tão profundo
Ela são os trilhos
Que me faz trilhar
Meus olhos
Em seu corpo
Tão flamejante
Ela é uma pintura
A quadro
Que desperta
Minha curiosidade
Aquela obra
Que tanto faz me
Inspirar
Numa paixão
Que me deixa
Tão estonteante
Ela é a chuva
Que cai cai
Acalmando
Cicatrizando
Minhas feridas
Causadas
Por  vossa
Ausência
Tão horripilante
Ela é...
A essência
De uma estrela
Que tanto
Faz me vibrar
Num momento
Entre nós


terça-feira, 17 de julho de 2018

Almejo te

Você não tem noção
Almejo lhe tocar
Beijar sua boca...
Me deixa
Tão derretido em tesão
Necessito mordiscar
Seu corpo, me inscendeia
Tanto...Começando
Pelos lábios
Tão sedentos
Me despejando
Por seu corpo
Todo exuberante
Que faz-me gemer
Em desejos
Que tanto sinto
Pelo seu sujeito
Que me faz render
Pela magia
Que causas em mim
Deixando-me perdido
Em você...Estou movido
Dominado, perdido
Em sua selva corporal
Que me esquenta
Lateja
Em intenso amor

Eu lhe encontrar

Se num acaso
Eu lhe encontrar
Almejo fazer
Delirar, delirar
Em meus braços
Que estão
Tão frios
Sem sua companhia
Fico tão acabado
Me acabo
Nessa solidão
Que me deixa
Sem chão
Se aparecesse
Tão de repente
Os arredores
Iriam florescer
Para nós
Caminharmos
Juntos
Neste local
Onde presencia
Sua pessoa
Que me faz encantar
Com seu jeito
Que me faz
Lhe amar



segunda-feira, 16 de julho de 2018

Insónia vem

Insônia vem
Brisas contém

Vai e vem
Peculiaridade

Num toque fora
De realidade

Entre um olhar
Que causa

Bem estar
Bem...

Tão carente
Bem consciente

Numa constelação
Vidrada de emoção

Um olhar
Com história

A contar
Perdido nas estrelas

Por uma beleza
Tão elegante

Que deixa estonteante
Sua forma de brilhar
E encantar

domingo, 15 de julho de 2018

Irei viajar

Irei viajar
Mesmo
Sem estar
Em lucidez
Preciso encontrar
Quem me deixa
Tanto delirar
Nessa viagem
Que será
Uma imagem
Que poderá
Ser uma infinita
Fotografia
Em minha
História
Tão movida
Pelas ventanias
Tão gélidas
E cintilantes
Causadas
Pelas dores
Que me deixam
Estonteante
Em constante
Estilhaços
Ao chão

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Quero me...

Quero me
Sentir sólido
Mas sinto-me
Uma ventania
Que voa voa
Sem face
Uma sombra
Que aparece
Diante da luz
Sou completamente
Um andarilho
Invisível
Sem corpo
Sem forças
Sem energia
Pareço uma alma
Vagando
Enxergando
Seus estilhaços
Ao chão
Tão gélido
Quero apenas
Ser muito mais
Que um vento
Bradando
Seus sonoros
Sons suaves
Ao céu
Queria bradar
Desabafar
Uma avalanche
Tão melancólica
Existente em mim
Em forma
De ventania